terça-feira, 19 de janeiro de 2016

LEONARDO DA VINCI - O Maior artista de todos os tempos [01]

A ANUNCIAÇÃO
Decorridos 500 anos de sua morte, Leonardo da Vinci continua a ser a maior celebridade de todos os tempos na história da arte. Tipo raro de artista, de aguçada curiosidade e que trafegava por diversas áreas do conhecimento, ainda criança já mostrava talento para o desenho e a pintura. Nascido em 1452, em Vinci, uma pequena aldeia bem próxima a Florença, Leonardo era o filho ilegítimo de uma camponesa chamada Caterina com o rico tabelião florentino Piero. Por falta de sobrenome paterno, Da Vinci (algo como "da cidade de Vinci") celebrizou para sempre o local onde nasceu e cresceu.

Aos 16 anos tornou-se aprendiz do escultor, pintor e ourives Andrea de Verrocchio, seu primeiro mestre. Pouco tempo depois, com apenas 20 anos de idade, ingressou na Corporação dos Pintores de Florença. Passou então a gozar de certa independência artística, atendendo a encomendas e se relacionando com homens que, sem se dar conta, estavam moldando o pensamento renascentista através de seus estudos em matemática, física, astronomia, engenharia, artes e ciências.

Ao trafegar nesse mundo de intelectuais e artistas, Leonardo estabelecia relações e ampliava sua gama de interesses. Florença era então um local de efervescência cultural e fluxo crescente de riquezas, por causa do crescimento das navegações e do comércio com o Oriente. Da Vinci, porém, era pouco requisitado pelos mecenas locais --o artista tinha fama de não entregar suas encomendas-- e, desde que deixara a oficina de Verrocchio, havia realizado poucas pinturas.

A DAMA COM ARMINHO
Por volta de 1482, mudou-se para Milão e passou a trabalhar para o duque Ludovico Sforza. Ali, além de pintar, Leonardo realizava também, e não sem um certo prazer, trabalhos de engenharia para o duque. É na parede do refeitório do convento de Santa Maria delle Grazie, também em Milão, que se encontra "A Última Ceia", célebre representação do encontro final de Jesus com seus apóstolos.

Da Vinci ainda voltaria a morar em Florença, após um breve período em Veneza, e retornaria a Milão, em 1506. De 1513 a 1516 viveu em Roma, onde fez contato com Michelangelo e Rafael. Finalmente mudou-se para a França, passando a viver em um château perto da cidade de Cloux, onde permaneceu até o fim da vida, em 1519.

Estima-se que o artista tenha deixado mais de 13 mil páginas de anotações, das quais hoje restam cerca de 6 mil, abrangendo estudos de anatomia (entre eles o famoso "Homem Vitruviano", com proporções perfeitas seguindo um ideal romano de beleza), ciências, filosofia, engenharia, projetos de máquinas e armas, estudos de botânica, esboços de quadros e desenhos arquitetônicos e urbanísticos, além das pinturas (das quais apenas 17 chegaram aos dias de hoje) e esculturas (nenhuma de autoria indiscutível).

Fonte: http://mestres.folha.com.br/pintores/03/
MONA LISA
O BATISMO DE CRISTO

segunda-feira, 8 de dezembro de 2014

VIDA E OBRA – UM BREVE RESUMO DE SALVADOR DALI (02)

A TENTAÇÃO DE SANTO ANTÔNIO 
O blog vai aqui retomar as postagens, trazendo mais detalhes da vida e da obra de Salvador Dali.
Um dos quadros em comento, é A TENTAÇÃO DE SANTO ANTÔNIO, que faz parte do grande acervo produzido pelo artista.

VIDA E OBRA – UM BREVE RESUMO DE SALVADOR DALI

Salvador Dalí é um dos artistas mais conhecidos do século XX. Nasceu, em 1904, na cidade catalã de Figueres e aí morreu, em 1989. Foi um autêntico showman, e seu rosto moreno, com os olhos espantados e os longos bigodes levantados nas pontas, tornou-se uma espécie de ícone da irreverente arte de vanguarda do século XX.
A partir de 1927 aproximou-se cada vez mais do Surrealismo, tendo desenvolvido um método a que chamou "crítico-paranóico", que envolvia várias formas subjetivas de associações de idéias e imagens.
Dedicou-se a várias atividades profissionais, mas destacou-se, sem dúvida, como pintor, tendo deixado algumas obras que já se incorporaram ao imaginário da cultura ocidental, como, por exemplo, a pequena tela intitulada A persistência da memória.

Fatos biográficos mais importantes

1904 - No dia 11 de maio nasce Salvador Dalí, na pequena cidade catalã de Figueres.
1921 - Vai a Madri, onde passa a freqüentar a Escola de Belas-Artes. Faz amizade com o poeta Federico Garcia Lorca e com o cineasta Luis Buñuel, com quem filmou Um cão andaluz, em 1929.
1925 - Apresenta, em Barcelona, sua primeira exposição, que é elogiada por Pablo Picasso.
1927 - Começa a interessar-se pelo Surrealismo.
1929 - Passa a fazer parte "oficialmente" do grupo dos surrealistas com a ajuda de Gala Éluard, que abandonaria o marido, o poeta Paul Éluard, para viver com o pintor, de quem seria a musa absoluta até o fim da sua vida.
1936 - Comparece à Exposição Surrealista Internacional de Londres vestindo um escafandro. Sua criatividade e seu gênio excêntrico espantam os próprios surrealistas.
1940 - Com a ocupação nazista da França, Dalí vai para Nova York, nos Estados Unidos, rompendo com os surrealistas. Participa de eventos artísticos e é convidado para fazer palestras. Participa também de roteiros cinematográficos, tendo criado a "seqüência do sonho" no filme Quando fala o coração, de Hitchcock. Na América, Dalí tornou-se uma figura conhecida, e suas extravagâncias renderam-lhe várias críticas e muito dinheiro.
1964 - É agraciado com a Grande Cruz de Isabel, a Católica, a mais alta condecoração da Espanha.
1978 - É eleito para a Academia de Belas-Artes, na França.
1982 - Morre Gala Éluard. Dalí sente-se arrasado.

1989 - Morre em Figueres, no dia 20 de janeiro. É enterrado no Museu Dalí.

quinta-feira, 25 de julho de 2013

ALUNOS DA ESCOLA DE ARTES DE ANGICOS PRODUZEM O ANO INTEIRO.

Uns chegam, outros vão, mas uma certeza permanece: a arte é bonita, é vida e merece ser praticada.
Contando com a gentileza de Bianca Moreles, poetisa e artista plástica, a Escolinha de Artes de Angicos continua produzindo.
A Professora Fatuca, que pinta belos quadros e se aprimora a cada dia, dona Ana, enfermeira que nos tempos livres pinta e encanta, Joana, e outros, estão sempre descobrindo e redescobrindo o prazer de pintar, desenhar...

Se você que está lendo essa postagem também tem vontade de participar, é só procurar Bianca no Armarinho de Arnor e fazer a inscrição para a próxima turma que vai começar.
Embarque nessa viagem bonita rumo as artes e deixe sua imaginação fluir.
  

quinta-feira, 17 de janeiro de 2013

A ESCOLA DE ARTES DE ANGICOS CONTINUA PRODUZINDO


A Escola de Artes de Angicos continua produzindo a todo vapor. Em 2013, outros alunos novos juntaram-se aos veteranos da escola, para produzir a exposição de março do projeto artístico.

Membros do grupo, como a professora Fatuca, Bianca, a grande anfitriã e benfeitora do grupo (que funciona em lugar cedido por ela e esposo), que continua produzindo incessantemente, Lúcia, Joana, João Maria e tantos outros, que estão chegando, não deixam apagar a chama da cultura e das artes angicanas.

Apesar da Casa de Cultura de Angicos inexplicavelmente continuar sem ceder espaço para os artistas da cidade, o projeto segue em frente, já com ramificações para outras cidades em 2013.
Acompanhe fotos do grupo que já entrou o ano produzindo.






 


sexta-feira, 16 de novembro de 2012

O RECANTO DO GALO

Essa obra de arte tem como título, “O Recanto do Galo”, e faz alusão a cena original que foi pintada por mim, Carlos Costa, através do desenho original no local.

Atualmente está exposta na clínica LABOCLÍNICA, de propriedade de Chico Galo, dono do local de onde foi extraída a imagem que deu origem ao quadro. 

CLIQUE NA IMAGEM PARA AMPLIAR

sexta-feira, 9 de novembro de 2012

ARTISTAS DA ESCOLA DE ARTES FARÃO EXPOSIÇÃO DE FIM DE ANO

A Escolinha de Artes Independente de Angicos já vai fazer outra exposição.
Desta vez, na Escola Estadual Professor Francisco Veras, durante a Feira anual da cultura e do empreendedorismo, que acontece na escola.
Quadros de diversos temas vão mostrar o trabalho dos artistas angicanos, que estão numa escalada rumo ao destaque das artes na região Central.
Acompanhe aqui, alguns dos alunos da turma. 










segunda-feira, 2 de abril de 2012

ANGICOS: EXPOSIÇÃO COLETIVA DE ARTISTAS MOSTRA ARTE LOCAL


A primeira exposição coletiva de artes genuinamente angicana, feita por alunos, jovens e adultos, da escola  de artes local foi um sucesso. O evento aconteceu durante as festividades alusivas ao padroeiro católico de Angicos, São José.
Muita gente passou pelo local onde estavam expostos os quadros e vários destes foram vendidos.
Graças aos esforços de artistas como Bianca, Lucia, dona Nô Tavares, João Costa e outros, foi organizada essa primeira exposição, que contou com o apoio do padre Severino.

terça-feira, 17 de janeiro de 2012

A ARTE DE CONCEIÇÃO

O trabalho artístico da professora Conceição Silveira, de Angicos, vem ganhando projeção a cada dia que passa.
A educadora, que também é artista plástica tem trabalhado freneticamente para atender as encomendas dos fregueses, nesse início de ano, mostrando a força do seu trabalho junto a população angicana e da região Central.
Parabéns professora, continue nesse ritmo e boa sorte!

sábado, 23 de abril de 2011

NOVA POSTAGEM DE ARTE




Quero pedir perdão aos leitores pela inatividade prolongada. Aos poucos vou retomar postagens no blog, mostrando a partir de agora, obras minhas, já completas, assim como trabalhos de alunos meus.
Obrigado pelo acesso.

quarta-feira, 15 de dezembro de 2010

EXPOSIÇÃO CHEGANDO

Nesta quinta estarei postando trabalhos novos e artes feitas por alunos do curso de artes.

Quero lembrar a população angicana que no próximo dia 23 de dezembro haverá exposição dessas artes (dos alunos do curso e quadros meus) na CASA DE CULTURA POPULAR DE ANGICOS.

Todos os alunos do curso de artes e eu, além da direção da Casa, estaremos esperando vocês!